sábado, 24 de janeiro de 2009

CHE GUEVARA: HERÓI OU BANDIDO

Ícone mundial, quando se fala em revolução e justiça social, o argentino CHE GUEVARA, tem sido motivo de discussões quanto a sua face de herói libertário ou assassino cruel.
A figura de Che, por incrível que pareça, é mais usada do que a de JESUS CRISTO, em camisetas, bonés e outras peças de vestuário e suvenirs. Até Gisele Bünchen a usou em um biquini. Maradona e Myke Tyson possuem tatuagens do mito em seu corpo. Che, nascido em família de classe média alta e formado em medicina – sem nunca, no entanto, tê-la exercido – até os 26 anos até procurou ser um cidadão preocupado com os rumos da América Latina, suas desigualdades e problemas sociais e políticos.

Os companheiros Fidel e Che, aproximados pelo atual presidente cubano Raul.

Porém, no momento em que conheceu o atual presidente cubano, Raul Castro, sua vida se transformou do indignado pacifista para o cruel sanguinário. Levado à Cuba por Raul, em 1953, Che conheceu FIDEL que lhe propôs uma guerrilha interna para derrubar o então presidente da ilha, Fulgêncio Batista. E conseguiram, com centenas de mortes, inclusive de próprios companheiros de batalha.
Vencida a batalha e com Fidel assumindo o comando do País, muitos companheiros viram os primeiros sinais de tirania dos “comandantes” Fidel e Che. Aqueles que eram contrários ao sistema imposto, foram presos e outros, assassinados.
Em certa ocasião, quando ocorriam manifestações contrárias ao governo de Fidel, Che foi procurado por uma mãe que lhe implorou para que libertasse seu filho de 15 anos que havia sido preso por pichar muros com palavras contrárias ao governo cubano.
Um soldado informou à Che que o garoto haveria de ser sacrificado dali a alguns dias, pelo que Che ordenou que o menino fosse morto imediatamente, com o argumento de que aquela mãe não merecia passar pela angustia de esperar por mais dias por tal sofrimento de não ter seu filho consigo. Talvez daí originou-se a famosa frase de Che: "Hay que endurecerse, pero sin perder la ternura, jamas.
Em outra ocasião, Che, executou dois guerrilheiros acusados de ser colaboradores do ex-presidente deposto. Che teria dito – e disse mesmo, segundo várias fontes históricas – que "Essa gente, como é colaboradora da ditadura, tem de ser castigada com a morte".
Mesmo sem nenhuma prova, Che os assassinou friamente.

Depois de uma fase em que entrou em atrito com o amigo Fidel, Che, em 1967, decidiu partir para a sua América Latina, onde, na Bolívia pretendia uma nova revolução cujo objetivo era tentar unificar o continente.
À exemplo do que acontecera dois anos antes na África, Che não obteve apoio das forças locais, e, a mando do governo boliviano, foi preso e morto na selva em outubro de 1967.
Antes de tudo isso, Che fora um sanguinário assassino, diz parte da história. Para ele não custava mandar, ou ele próprio, matar aqueles que não afinavam-se com suas idéias e compromnissos.
Outra parte, é claro, contada por seus seguidores trás uma versão romântica do revolucionário.
Tem versão para todos os gostos.


Che, de arma em punho, sempre pronto a eliminar os inimigos da revolução e aqueles que não compactuavam com ele a idéia de buscar a justiça social por vias da violência, se preciso.


Esta foto, ao que relata a literatura, foi tirada momentos antes da sua execução, na Bolívia, em 1967. Antes dos disparos fatais, Che teria dito: "Não disparem, sou Che. Valho mais vivo, do que morto".Aqui registro do guerrilheiro morto, em 1967, na pequena aldeia de La Higuera, selva boliviana. No Brasil, Che recebeu do Presidente Jânio Quadros (à esquerda) condecoração, em 1961.

Ao que cumpre falar em sua relação com a Brasil Che esteve por aqui em duas oportunidades. Em uma delas foi para receber a medalha da Ordem do Cruzeiro do Sul por sua intermediação pacificadora em Cuba junto à igreja Católica, já que esta, naquele país, sofria forte represália do governo castrista.


44 comentários:

Anônimo disse...

Tudo bem Renê Leal? Bom não sei porque mas quando li seu post referente a "Che" achei justo comenta-lo. Meu amigo Renê Leal, respeito muito a sua posição referente a "Che", apesar de achar completamente equivocada, sei que como aluno do curso de direito você deve ter ouvido falar sobre empirismo. Acho que quando você fez esse post você foi muito infeliz e antes de faze-lo você deveria buscar fontes seguras, ler livros, e não se basiar apenas na capa da "revista" VEJA para escrever uma acusação desse porte sobre uma pessoa que deu a propria vida, pela liberdade de outras.

Renê Leal disse...

Caro amigo anômimo! Prazer em tê-lo em nosso rol de leitores, embora fosse melhor saber o seu nome.
Como vc deve ser profundo conhecedor da teoria de John Lock, sabe bem que ele próprio nos deixou a lição de que "as pessoas desconhecem tudo" e, sendo assim, é conveniente que oportunizemos a contradita de opiniões e, por isso, lançamos o desafio de as pessoas opinar sobre o tema.
Sua contribuição é importante, mas saiba que para fazer a postagem, não nos baseamos apenas em uma ou outra publicação, mas houve uma pesquisa (mesmo que não esgotante)relativamente grande a respeito.
A história não nega alguns feitos heróicos de Che, mas também não esconde as centenas de mortes que praticou na derrubada do então presidente cubano Fulgêncio Batista. Também não nega as várias "eliminações" de pessoas contrárias as suas ideias e de Fidel.
Antes de "dar a própria vida pela liberdade de outras", como você diz, Che matou tantas outras.
De qualquer forma, sua contribuição é bem vinda.
Continue nos prestigiando!

Anônimo disse...

A mídia pintou uma imagem doce e heróica de "che", (escrito propositadamente em minúsculas)Guevara foi um bandido, apenas mais um bandido na América que merece todo o desprezo e repugnãncia. Eu mijaria em sua cova.
Malditos sejam todos aqueles que fazem de Che uma bandeira, concientes ou não de seu banditismo.

Anônimo disse...

Meu caro amigo Rene Leal, bom primeiramente gostaria de me apresentar, meu nome é Diego moro em Florianópolis, e acho muito legal a sua iniciativa de criar um local onde possamos debater fatos tão intrigantes da historia com liberdade de expressão e respeito a opiniões adverssas, "sem baixaria". Fico muito feliz em colaborar com seu blog e saber que minha opinião é bem vinda.
Caro amigo Rene Leal você foi muito feliz ao citar John Lock, muito embora eu ache que ao fazer esse comentario John Lock disse que, "o homem sem experiencia nada sabe." Então realmente "as pessoas desconhecem tudo" ate que se prove o contrario "antes da experiência o espírito é como uma folha em branco, uma tabula rasa." E isso ressalta ainda mais a nescescidade de elaborar-mos um estudo serio antes de nos posicionarmos sobre um assunto tão polêmico. E gostaria de lembrar tambem que, John Lock foi "o último grande filósofo que procura justificar a escravidão absoluta e perpétua"[3]. Ao mesmo tempo que dizia que todos os homens são iguais, Locke defendia a escravidão (sem distinguir que fosse apenas a negra), pois, aparentemente, ele só considerava como humanos os homens livres. Locke sustenta a escravidão pelo contrato de servidão em proveito do vencido na guerra que poderia ser morto, mas assume o ônus de servir em troca de viver. Meu caro Rene Leal fico por aqui, e realmente agradeço a oportunidade de participar de seu blog. Um grande abraço, Diego.

Anônimo disse...

Em relação ao anônimo que se refere ao Che como bandido , sugiro que leia um pouco mais a respeito da vida deste "bandido" para depois formular afirmações , deixo claro que não sou partidaria da opimião que ele é heroi ou bandido , reconheço que ele teve seus feitos em prou da America , mais também cometeu seus pecados , agora rotular unicamente como bandido ... é necessario levar em consideração diversas opinioes e não colocar em pauta o que vc acha ou afirma sem fontes didediguenas.

Obrigada.

Anônimo disse...

Logo se vê radialista metido a escrever artigos rsrsrs . No minimo vc teria que se basear em fontes de verdade ... cade as referencias ????

Renê Leal disse...

Obrigado pela visita e comentário.
Radialista metido a escrever artigo é comum e não há nada de anormal.
Anormal é alguém se esconder atrás do anonimato para fazer um crítica dessa natureza que, embora sempre bem vinda, deixa dúvida quanto a sua real intenção.
Você ajudaria muito indicando quais passagens na matéria não são verdadeiras, já que você se refere a “fontes de verdade”, e qual a verdade que você conhece a respeito do assunto.
A matéria não cita fontes, pois não precisa, mas é baseada em diversos relatos literários, alguns de amplo conhecimento público, outros, nem tanto.
Mas, afinal, para você, che era um herói ou vilão? Esse era o mote para os comentários e não se a matéria foi ou não baseada em fontes.
Continue nos prestigiando.

Anônimo disse...

ESTIVE EM CUBA 7 ANOS E COHEÇO A HISTORIA COMPLETA DE CHE.INFELIZMENTE ESSE RADIALISTA NÃO BUSCOU FONTE INFORMAÇÕES SEGURA.DEVERIA BUSCAR OUTARS FONTES. CHE GUEVARA É EXEMPLO DE PESSOA HUMANITARIA.
ABAIXO O IMPERIALISMO

Fernando disse...

Uma pessoa que passou 7 anos em Cuba não serve de referência sobre Che.
O mundo sabe que em Cuba até papel higiênico tem a cara do Chê estampada. Esse bandido ARGHentino não passou de um asassino frio e cruel e sua história foi vendida para jovens tolos e idiotas que são contra o imperialismo e capazes de ostentar no peioto a imagem de um facínora que ajudou a jogar no atraso e na miséria toda uma população.
E não venha dizer que Cuba é um paraíso, pois se fosse ninguém fugiria de lá.
Parabéns ao Blogueiro pela matéria e pela iniciativa de ajudar a desmitificar um idiota endeusado como herói.

Islan disse...

Olá,Fernando. Você diz que este "facínora" jogou no atraso e na miséria toda uma população. Ok. Fico a pensar então se você considera como caminho paro o progresso o regime imperialista sob o qual infelizmente vivemos, e que apesar de cultivar tantos valores (acentuando assim sua hipocrisia) é totalmente desprovido de ética. Até mesmo o planeta foi destruído em nome do progresso. Que sabedoria é esta?
Acho que está faltando reverência pelo direito de viver bem, não apenas o seu, pois este garanto que recebe sua atenção.

Islandio disse...

Vejo que sua matéria causou realmente muita polêmica em torno do tema.
Mas, realmente fico com a opinião de que é preciso conhecer as referências para não cairmos em mais uma armadilha das publicações subliminares a que tanto nos sujeitamos até hoje. Está ai explicação sobre John Locke, o qual não chega aos pés de Che em medida de amor ao próximo - pois quer a igualdade para os iguais - em riqueza e bens. Che não larga a vida abastada pela luta pela igualdade, liberdade e fraternidade de fato e não de direito, pois a este até hoje não temos.
Muitas mentiras são ditas para desmistificar e jogar por terra a luta pela cidadania.
Antes a morte de poucos em detrimento do sofrimento coletivo.
Nada para mim, nada para você, tudo para o povo.

adelino disse...

Por que a população brasileira insiste em ovacionar personagens da história brasileira e mundial que na sua curta passagem (ainda bem)pela terra só praticaram maldades, querem transformar bandidos em herois, também não é para menos, o maior bandido brasileiro de todos os tempos que matou, estuprou, roubou, sequestrou, torturou e ameaçou durante vários anos, hoje muitos o consideram um heroi (LAMPIÃO)

adelino disse...

Só queria uma explicação, por que na sua maioria os seguidores de CHE, são também seguidores, digo consumidores, de MACONHA, COCAINA,CRACK, HEROINA, LSD, ECSTASY e ALCOOL, devemos estar longe das drogas principalmente as que tiveram vida com CHE e LAMIÃO.

Álvaro disse...

Segundo as sagradas escrituras, não há outro nome digno nos céus e na terra que não seja o nome de Jesus Cristo. Pois Deus Pai determinou que o único nome digno de toda honra, louvor, adoração, poder, glória e majestade, seja o nome de seu Santo Filho Jesus Cristo. Se Che arriscou e não "deu" sua vida em favor da liberdade de alguns; Cristo deu sua vida e em sacrifício foi até o fim firme, em favor de todo ser humano que Deus criou, no passado, no presente e no futuro enquanto existir esse mundo. Jesus é o nosso Senhor, Rei e Salvador. Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade.

raphael disse...

Meu nome é Raphael e depois de uma pesquisa sobre Che Guevara e sua morte, achei o seu artigo, e sinceramente, fico impressionado como as pessoas estão sendo MANIPULADAS por revistas marqueteiras e a favor do imperialismo americano. É tosco se pesquisar sobre ele, após tal data, que não tenho certeza da qual. Há mais de trezentos blogs sobre este arquivo tolo da "Veja". E o mais engraçado é que todos abordam as mesmas palavras, como se antes de se escrever, era mais importante tentar ofender o pensamento alheio. Sim, posso não conhecer muito sobre a vida e sobre a advocacia, segundo alguns falaram acima, por ter 15 anos, mas pelo amor de deus! Che Guevara sendo um "marqueteiro"? um "Bandido"? Sério, é inimaginável, se você liga a TV, o que se diz é sobre evolução, tecnologia, como se falasse, “Ah, deixemos de bobeira! Pra que olhar para o cidadão ao seu lado? Ele é um ferrado, né? Não tem família, né? Que se fod*”, como se este fosse um pensamento de La Sierna.
Concordo plenamente com o que nosso amigo Islan relatou, “Você diz que este "facínora" jogou no atraso e na miséria toda uma população. Ok. Fico a pensar então se você considera como caminho paro o progresso o regime imperialista sob o qual infelizmente vivemos, e que apesar de cultivar tantos valores (acentuando assim sua hipocrisia) é totalmente desprovido de ética”. E continuo a linha de pensamento, você acha mesmo que onde vivemos é digno de acharmos que NÓS, evoluídos (matamos por petróleo), pensadores (hipócritas e mentirosos), somos o certo em relação a Che? Sinceramente, não tenho ideia de aonde possamos “cair”, porque sim, isso (hipocrisia, evolução sobre a farsa, morte) não vai nos parar, e sim nos matar e não é uma morte digna de um caminho de evolução, como Che tentou, e sim dar o espaço para os senhores excelentíssimos pensadores.

VIVAMOS A HIPOCRISIA E A ALUCINAÇÃO! DA-LHE GLOBO!

“Deixe-nos viver na mentira, que assim, lhe permito viver na farsa de achar que o que você vive é o certo.”

rafayane disse...

É risório como ao falar de Che os remetemos como um bandido que levou a morte de uma série de cubanos ( Na revolução cubana), mas esquecem de citar que Cuba estava sob dominação do império norte americano, que através de manobra política estava dominando Cuba!
É bem verdade que há uma forte utilização da imagem de Che, mas qm disse que ele concordaria com isso? Poisé, nem o Che concordava com isso.
Ao falarmos de Che temos que além de arquivos de revistas imperialistas burguesas observar outros fatos, a exemplo de um discurso de Che onde ele é ovacionado pela população.
É muito fácil falar que Che foi um assassino mas ele com os seus parceiros comunistas conseguiram libertar o povo cubano de uma repressao a qual nós brasileiros nunca conseguimos sair.
E as armas são necessárias pra defender a revolução, estavam quase todos contra eles, sem a defesa Cuba quase que com certeza n seria socialista/comunista até hoje.
Concordo também com o companheiro Islan, pois falamos de Che e não reparamos quantos são mortos todos os dias pelas práticas inábeis do capitalismo, e pela má distribuição da renda.
Vamos ver a historiografia um pouco melhor!
E pra quem falou de Lampião, aconselho a ler sobre as teorias de banditismo social do autor Eric Hobsbawm. Talvez ajudi-o a entender os fatos.

tuxa460@google.hotmail.com disse...

imprenssa faz mal a nacionalismo liderança esquerdismo e a saude publica. medicina e educação socializada. Eliana Tranquesi solta da silva:cometeu o pior dos crimes. lezou a patria e todos os brasileiros consequentemente.

Renê Leal disse...

Esclarecendo: a suposta criminosa que se refere a leitora acima é a proprietária da famosa boutique Daslu, Eliana Maria Piva de Albuquerque Tranchesi, presa em 2005 por sonegação fiscal e, entre outros, formação de quadrilha. Em 2009 ela foi condenada a 94 anos de prisão. O processo continua com seus devidos recursos.
A imprensa deu ampla cobertura sobre o caso.
Mas a questão era Che Guevara!

tuxa460@google.hotmail.com disse...

tirana borges disse:

faço até 1 livro, mas aonde demonstrei interesse pelo homem nas amisetas?

Bernardo Schmidt disse...

Quem está ao lado do Che não é o Jânio, e sim o governador de Brasília Paulo de Tarso Santos.

tuxa460@google.hotmail.com disse...

argentino, asmatico,revolucionario
herói queria a unificação da america latina.

tuxa460@google.hotmail.com disse...

logico q.é heroi.gde revolucionario, gde. idealista, nasceu na argentina, era asmatico,
lutou pela unificação da america latina e central.eu ñ. respeito posição de nenhum lerdo q. diz cretinices. matou gente? então vai ser heroi revolucionario e ñ. mata ninguem, infeliz.

Gaspar disse...

Pra mim quem mata não é digno de ser chamado de herói, independente da situação. Herói pra mim é quem ajuda o próximo sem ter que tirar a vida de outro. Herói com as mão sujas de sangue, independente de quem seja o sangue, não tem valor. E viva CHE! Pra quem pensa o contrario.

Fernanda disse...

CHE GUEVARA FOI SIMPLESMENTE UM DITADOR COMO HITLER E LAMPIÃO MAS FOI NA SUA ÉPOCA E SÓ ERA CUBANO! UM NAZISTA CUBANO! ENTENDERAM!!!!E VIVEU A VIDA SÓ MATANDO INOCENTES E CHEFES DE FAMÍLIA E TENHO O DVD DELE ! ELE VIVIA ENTRE GUERRAS E MATANÇAS!!!!FICOU FAMOSO POR SUAS CRUELDADES!!!!

BRUNO disse...

os fins justificam os meios , esse era Che
ele queria unificar a america latina e acabar com esse imperialismo qe só FODE o mundo ? sim !
mas fez isso derramando sangue .
temos qe coneguir isso com união , abrindo a mente das pessoas e não matando-as
Seu proposito era nobre , mas acabou virando um fanático assassino

mauricio disse...

Aquele que falam que CHE era apenas um bandido, e acha que a unica coisa que ele fez foi derramar sangue, é pq não sofreu com a ditadura e outras repressões, ja nasceu em epoca de calmaria. Só um comentario: Não ha paz, sem guerra; nem vitoria, se não houver luta. Todos os povos, desde que o mundo é mundo, tem de matar e morrer para atingir seus objetivos. Tenho certeza que "vc" é mto feliz de viver em um país independente; pois é; Tira Dentes teve que matar mta gente para que "vc" desfrutasse dessa liberdade. Agora te pergunto: Este tbm era apenas só mais um bandido sanguinario?

mauricio disse...

tem gente que nem coragem de mostrar a cara, compara CHE com Hitler e Lampião, compare as historias e vai ver a diferença, os propositos e ideais eram totalmente diferentes. Mais uma coisa, mtos falam mau de Lampião, e acho que deviam se informar um pouco mais sobre o mesmo, varios ficam idolatrando Robin Hood, e não sabem que os feitos de Lampião foram quase que os mesmos, porem os ingleses transformaram Robin Hood em contos de fadas, e o nosso Heroi foi marginalizado! Só mais uma coisa: Vai estudar um pouco mais sobre seu país, pra depois querer postar comentario idiota em blog!!!!!

Malu disse...

vc deve ser um infeliz mesmo, vai falar mal do Bin Laden que tira vida de pessoas por pura ruindade e deixa o Che que morreu pelo ideal de dar condições igualitárias de vida aos irmãos latino-americanos, que desde cedo deixou a vida rica que tinha pra cuidar de leprozos no Peru, respeite a alma do Che e vai procurar algo melhor pra fazer...

Nikacio Lemos Bitencult disse...

CHE QUEVARA .................
QUEM DE FATO ELE FOI ?
A VERDADEIRA HISTÓRIA DESSE TERRORISTA, ASSASSINO E TRAIDOR PRECISA SER DITA !!!!!
Quem de fato foi esse revolucionário ?
O que de bom em pró pelo Brasil ele fez na pratica ?
Na verdade muitos brasileiros Maria vai com as outras , idolatram esse Argentino como se ele fosse um herói nacional .
Na Prática desconhecem a verdadeira história desse revolucionário que traiu seus companheiros e foi um terrorista e assassino .
Se os Brasileiros forem a fundo na história desse bandido, vão identificar muita contradição e que idolatram nada mais que um assassino frio que foi traidor de seus próprios ideais .
Lamento pelos brasileiros desinformados !!!
O lado pior desses brasileiros desinformados , é que estão idolatrando um criminoso traidor , Terrorista e assassino que na pratica nada trouxe em pró para o Brasil e ingenuamente esses brasileiros por idolatrá-lo se mostram ser Maria vai com as outras por sua desinformação.
Lamentável !!!!
Fui....
Nikacio Lemos
23 anos Universitário
P.S. Sugestão : Vão a fundo na busca da verdadeira história desse Argentino revolucionário só assim verão que estão idolatrando nada mais que um bandido .

sara disse...

Olá, meu nome é Sara - sou de BH
A minha opinião sobre Ernesto Guevara de la Serna: o maior Heroi que alguem ja pode ter visto...
Imaginemos, no dias de hoje, o Brail sendo dominado por norte-americanos! (afinal, o que acontece - mas de uma maneira que a massa da população nem percebe). O Brasil está sobre o domínio de um grande ditador e você está vendo milhares de pessoas sendo mortas e exploradas ao seu redor - não faria nada para ajudá-las?
Se Che matou, foi para defender a si mesmo e aos seus companheiros. Em uma lua armada, ou se vive ou se morre...e a unica maneira de ele se defender foi matando, se ele não matasse seus inimigos, seria morto por estes. Em meados 1940, a Guatemala passou por uma reforma agrária e a United Fruit(empresa norte-americana) se revoltou. É nesse momento que Che Guevara sente a mais forte barbárie do imperialismo, escondida atrás da ''defesa da democracia'': fuzilamentos, derrubada de um governo constitucional, devolução das terras à United Fruit e...ABOLIÇÃO DOS DIREITOS DOS TRABALHADORES. Vocês que abrem a boca para criticar Che, não se sentiriam na obrigação de lutar pelos seus direitos? criticar um mito como Ele é muito fácil - e agir da maneira como ele agiu? é preciso conhecr para criticar e é por isso que ueu acho que deveiam ler biografias sobre ele. Conheçam, sou a única pessoa da minha familia que o defendo e sou da esquerda.
E como o ''jeito civilizado'' não funciona com o governo, vai pela luta armada mesmo. O certo é garantir a todos a estrutura mínima de vida: moradia, alimentação, saúde, educação e vestimenta - coisa que falta pra muita gente, que o governo não colabora muito. Como o jeito civilizado não funciona, vai pela luta armada mesmo!
Apoio todos os comunistas!
Hasta la victoria siemre - Viva la revolución

Anônimo disse...

Revolução significa uma mudança radical no sistema político, econômico e social. Em uma revolução existem, basicamente, dois caminhos, um armado e outro pacífico, como exemplo, che Guevara e Madre Teresa de Calcutá. O Brasil nunca passou por um processo de "revolução", ou melhor, os processos revolucionários foram sempre de forma passiva (não entender pacífica) onde o objetivo da revolução é evitar uma quebra do domínio das elites. O Brasil é uma sociedade de massas emergentes de urbanização e industrialização, e que busca novas oportunidades de vida, onde posições radicais são indiferentes. Assim, Nikacio, che não fez nada em prol do Brasil e não vai fazer. Hoje recebemos informações de todas as fontes, e cabe a nós criticar se é certo ou errado, entender o passado é construir o futuro. Não sou a favor de violência, desta forma, não sou favorável a che. Mas ele foi um grande revolucionário. Hoje, na avenida em que moro, uma pessoa morreu atropelada. As mortes no trânsito brasileiro são três vezes maiores que o aceitável pela OMS. Será que é necessário pegar em armas para acabar com este sistema caótico, ou ter a força de vontade de che e fazer uma "revolução", começando por nós e por aqueles que conseguimos influenciar, como Madre Teresa de Calcutá.

José Pantoja

Anônimo disse...

CHE VENCEU!!! MAIS DE 40 ANOS DE SUA MORTE E CA ESTAMOS TODOS DISCUTINDO SOBRE SUAS AÇÕES...ISSO É UMA MONUMENTAL VITÓRIA!!! PARABÉNS CHE, NUNCA CONHECI UM ADVOGADO SOCIALISTA!!! TEM PROFISSÕES QUE MARGEIAM PARA LADOS E LADOS, É SÓ UMA CONSTATAÇÃO.

Fernando Saldino disse...

Meu nome é Fernando Costa Saldino, sou formado em História pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS, viajei para Cuba em 2004, fiquei dois meses em Matanzas fazendo pesquisas para meu trabalho final e posso afirmar categoricamente que Che era um BANDIDO! Não precisei ir em outras fontes, apenas pesquisei e pude ler relatos dos crimes, filmagens da época e conversei inclusive com alguns dissidentes via blog que lutavam pela libertação de alguns presos políticos como Orlando Zapata.
É muito díficil falar abertamente com os cubanos porque há todo momento você é vigiado pelos partidários do sistema que inclusive arrancam qualquer papel que alguma pessoa deixa em sua mão, as gravações são acompanhadas e periciadas, você tem que passar por uma revista pessoal feita aos extremos, assim mesmo pude presenciar vários idosos que inclusive alegam ter lutado ao lado de Che e de Fidel levarem verdadeiras surras pelo simples fato de alegarem terem sido traídos pelo falso ideal comunista propagandeado por Che. Presenciei um casal de velhos sendo preso simplesmente porque no muro de sua casa estava escrito "Che, el impostor." Sem contar que o muro foi derrubado a marretadas. Pessoas revoltadíssimas tentavam colocar nos meus bolsos fotos de parentes que eles alegavam terem sidos fuzilados a mando de Che. Uma senhora de aproximadamente 60 anos tentou colocar uma foto de um garoto que aparentava ter 14 anos ao qual ela alegava ter sido sequestrado pelos "bandidos de la revolucion" como ela bravejava, mas ao tentar, esta foi empurrada bruscamente ao chão pelo cidadão que me acompanhava, sendo que ainda fui repreendido duramente ao tentar levantá-la. Outro detalhe importante é que você não pode sair às ruas com algo que lhe identifique como sendo de outro país, justamente para que as pessoas não tentem lhe passar qualquer informação, suas roupas são vistoriadas para verificar se estão de acordo. Para fazer qualquer trabalho de cunho universitário no país eles entram em contato primeiro com os responsavéis da instituição e verificam se você já fez algum trabalho ou demonstrou alguma opinião em contrário ao regime. Eu, por exemplo, tive que me filiar ao PCO - Partido da Causa Operária (mas já me desfiliei, pois sou totalmente contrário à imposições partidárias) para que não houvesse dificuldades na obtenção da autorização para entrar em Cuba. O melhor é que a carteira de filiação vinha com várias imagens de Che e de Trotski o que facilitou em muito a minha entrada e que permitiu que eu fosse a alguns lugares que não são permitidos a turistas e a estudantes que não tenham partidariedade com o regime. Pude passar por um local na cidade de Cienfuegos (que tem esse nome em homenagem a um dos revolucionários) chamado "cama de huesos" onde os moradores locais afirmam que ali se encontram os ossos de várias pessoas inocentes que foram fuziladas sem julgamento, mas que elas não podem sequer se aproximar já que o local é cercado curiosamente sem indicação alguma do que seja. Faltando duas semanas para o meu retorno ao Brasil perguntei ao guia quando poderia ver os vídeos dos combates contra os opositores da época, ele riu e perguntou: -Os tiroteios? Sim, claro.

Fernando Saldino disse...

Fomos até Havana e tive que preencher um longo formulário que quase me fez desistir de ver os vídeos que tinham origem na TV Estatal Cubana. Curiosamente os vídeos estavam gravados em fitas U-Matic para que fossem conservadas, já que as originais Quadruplex estavam se perdendo. Vi alguns fuzilamentos em silêncio enquanto que o guia gritava morte aos imperialistas e outras bobagens. Pude ver fuzilamentos em vilas, nas cidades, nas praias e nas celas. Lembrei daquelas cenas do holocausto em que os corpos eram empilhados em buracos sem qualquer respeito à dignidade humana. Pude ver Che rindo acompanhando alguns fuzilamentos de pessoas que aparentavam nem saber o que estava acontecendo. Sei que aqui alguns vão querer rebater dizendo que os EUA fizeram a mesma coisa ou pior, sei disso e respondo que não defendo nenhum dos dois, mas os coloco no mesmo saco. Che não é herói e nunca será. Será herói somente para aqueles que compartilham do mesmo sentimento daquelas pessoas que defendem Hitler, Stalin, Saddam Hussein, Bush, Hugo Chavez, Fujimori, Peron e outros criminosos.
Resumo: não pude tirar fotos, não pude fazer gravações, as pessoas que entrevistei foram previamente escolhidas, todo meu trabalho teve que ser transcrito e cópias tiveram que ficar com os inspetores, todo o meu material digital ficou recolhido para que os dados fossem apagados. Isso tudo mesmo eu não tendo demonstrado qualquer contrariedade ao regime. O que será que Fidel teme? Por que eles fazem tanta questão de não deixar o povo se expressar ou sair de Cuba?

http:mushi.zip.net disse...

se alguem se preocupa tanto em dizer q. che guevara era um bandido sei lá p/ q. tanto esforsso, era idealista asmatico q. lutou por causa q. ñ. foi igual seu penssamento, q. nem li tudo pois p/ mim ninguem vai me fazer decepcionar-me com meus idolos estão todos na minha alma:che,fidel, brizola, nietzche, hitler, mussolini, pessoas q. se esforssaram p/ melhorar o mundo. maria antonietta starace
gumpy@uol.com.br

http:mushi.zip.net disse...

eu ñ pertenço ao mundo daqueles a quem é licito duvidar de suas razões bastante me custa colocar minhas opininioes.starace159@bol.com.br-maria antonietta starace

http:mushi.zip.net disse...

esse tipo de afronta me faz perder tempo com uma ditadura severa de espressões para comigo. che fidel e nietzche são por mim amados tanto qto. BRIZOLA!

http:mushi.zip.net disse...

starace159@bol.com.br
idolos q. se tem na alma ñ. é passivel de testos sem ou com procedencia.

Corruptos e Coniventes disse...

Olá, como a Revista Veja publicou a reportagem e o que ela publica soa aos ouvidos comunistas como inverdades, apesar de não provarem que ela mente. Então deixo outras fontes, depoimentos de pessoas que conviveram com o...Como direi !!! Porco assassíno. Espero que seja oportuno e esclarecedor.
O Verdadeiro Che Guevara - Parte 1
http://www.youtube.com/watch?v=0MwSxxTEMPk&feature=player_embedded

O Verdadeiro Che Guevara - Parte 2
http://www.youtube.com/watch?v=Ifg0tUjASI8&feature=related

O Verdadeiro Che Guevara - Parte 1
http://www.youtube.com/watch?v=0MwSxxTEMPk&feature=player_embedded

O Verdadeiro Che Guevara - Parte 2
http://www.youtube.com/watch?v=Ifg0tUjASI8&feature=related

O Verdadeiro Che Guevara - Parte 3
http://www.youtube.com/watch?v=CfsOivnq5Hs&NR=1

O Verdadeiro Che Guevara - Parte 4
http://www.youtube.com/watch?v=nfrLP9rsrcI&feature=related

O Verdadeiro Che Guevara - Parte 5
http://www.youtube.com/watch?v=Lh0jNBfdbNE&feature=related

O Verdadeiro Che Guevara - Parte 6
http://www.youtube.com/watch?v=NOfUm8PcO1g&feature=related

O Verdadeiro Che Guevara - Parte 7
http://www.youtube.com/watch?v=y9Foc7cGEJQ&feature=related

paulo_sergio disse...

Um assassino psicopata.Teve o fim que merecia.Se dessem a mim a oportunidade de dar cabo de um facínora dessa envergadura não titubearia um segunda em mandá-lo para o inferno que é o lugar onde essa besta deve estar.

ozanildo marques disse...

Só tenho essas palavra para comentar,heroi não mata inocentes.

Unknown disse...

Marcelo;eu antes de apoia um heroi,gosto de pesquisar a respeito,para mim o único a dar a vida pela humanidade foi Jesus,esse bandido e anarquista, com o nome de Che guevara,foi um aproveitador da epoca de conflito para se dar bem.

André Guerreiro disse...

Olá, meu nome é André Guerreiro, moro em pernambuco, Ernesto Rafael Guevara de la Serna, foi uma homem que levado por seus ideais, ultrapassou a barreira de herói para bandido, ele matou inocentes sim, ele traio seus ideais sim, ele administrou uma campo de concentração em guantánamo cidade cubana,onde lá trabalhava até a morte católicos, opositores da falsa revolução, portadores de determinados tipos de doenças, foi diretor do banco nacional de cuba vestindo farda militar, quebrou a economia do pais, foi o secretario de de agricultura e acabou com um dos maiores cultivos de cana de açucar, instalou e tentou bombardear os estados unidos com bomba nuclear da URSS, colocando em risco a vida de milhões de cubanos, uma coisa é você colocar a sua vida em risco em prol de "sua" causa, outra e colocar a vida de uma nação inteira em prol de "sua" causa, se não me falha a memoria teve um outro bandido que também era louco e também nasceu em um pais(Austria) e se revelou em outro (Alemanha), politico como che, militar como che, aderente a causas dos trabalhadores fez parte do partido dos trabalhadores alemaes, e fundou o partido nazista, que teve um pouco mais de exito do que Che, foi Adolf Hitler...
...Esse ai também era Herói?????
haja paciência, esqueça Che Guevara ela não merece comentários, se a America Latina fosse como ele queria não teríamos nem a liberdade de falar em aberto de um dos maiores assassinos da America Latina.

Unknown disse...

Aqueles que defendem o Tchê... São como os mesmos fanáticos religiosos que defendem a sua religião como a certa. CheGuevara teve sua parcela de contribuição, sua luta desbravante diante da opressão norte americana e seu amor pela causa da liberdade que repercutiu positivamente aos Cubanos "somente naquela época", contudo, existia liberdade de expressão na militança de ChÊ? Mas todo seu lado positivo pseudo-revolucionário, não exime-o de ser um sanguinário (o qual ele mesmo exalta), preconceituoso, ameaçava e perseguia ideias contrárias como na ditadura, falso moralista assim como Fidel que levava uma vida nada proletária e gozava dos luxos como um burguês mesmo diante de um país na miséria, quando tomou poder morou na mais luxuosa mansão de Cuba, é um verdadeiro inútil em matéria de governança e economia, foi apenas mais um extremista que angaria simpatias de idólatras apenas por ser um anti imperialista que teve sucesso na luta armada, não na política ou sociedade.