domingo, 1 de maio de 2011

Show de Danças... e de Qualidade

Um espetáculo de rara beleza aconteceu na noite deste último sábado, 30, em Roque Gonzales. Esteve presente o Grupo Étnico Madre Paulina (GEMP) de Crissiumal fazendo apresentações de danças típicas de vários países.
Um bom público esteve presente no ginásio de esportes e pode conferir a alta performance do grupo que já se apresentou por diversas nações do mundo, estando previsto para este mês de maio uma excurssão ao Canadá, onde se apresentará no Festival de Drumond Ville. Lá estarão levando a cultura de danças tipicas brasileiras.
Em Roque foram apresentadas danças de seis países: Arábia Saudita, Chile, China, Rússia, Ucrânia e Brasil.

Do Brasil, as danças escolhidas foram as do folclore gaúcho.  Brilho e cor estiveram presentes nas inumentárias dos seus componentes. Depois dessa apresentação, os membros do GEMP "puxaram" para sala alguns assistentes para, juntos, dançarem uma valsa.

A dança chinesa, representada pelo casal acima, foi uma das mais bela da noite.  Com graça, leveza e movimentos sincronizados, conquistaram a platéia.

O "Rapa Nui" chileno também foi bela e envolvente.  A sensualidade das bailarinas esteve evidente e mostrou  o profissionalismo do grupo. 

A cultura polonesa, com boa representatividade na região, não ficou fora da apresentação. 

O evento não fez parte das comemorações de aniversário do Município, que é em maio, mas as belas soberanas lá estavam para maior atração da noite de cultura e beleza promovida em Roque Gonzales.
Perdeu quem não foi, pois é um show de danças, embora o dia não tenha sido o mais apropriado para a sua realização.
Parabéns aos organizadores do evento.
Faz parte do grupo o roquegonzalense Eduardo (dudu) Caye, filho de Eliana e Gilberto Caye.  

Um comentário:

Josnei disse...

Um misto de beleza e de conhecimento a cada nova cultura apresentada por este grupo de dança maravilhoso, que soube, a partir de movimentos artísticos oriundos dos quatro cantos do planeta, cativar uma plateia em polvorosa. A simplicidade figurativa, unida a mais perfeita sincronia, findou por determinar um ritmo empolgante, envolvente, e ao mesmo tempo sereno e sedutor. Parabéns a este grupo, que, com maestria, soube interagir de maneira simplória, porém excepcional, com o público presente.
Josnei