terça-feira, 17 de março de 2009

NL Entrevista ELOÍSA VOIGT KERN

Os leitores no nosso blog são presenteados com a beleza germânica da Rainha do Centenário da Dona Otília, ELOÍSA VOIGT KERN, cuja entrevista nos concedeu entre os trabalhos de ajudar a sua mãe na loja de confecções, os estudos e o rápido almoço.
Vamos então conhecer um pouco do que pensa e de como é a gremista Elô.
Eloísa entre as princesas do centenário de Dona Otília
Em novembro de 2007, Eloísa conquistou o título de Rainha do Centenário, sendo aquele que considera o seu mais significativo conquistado até então, já que representa um conquista no próprio lugar onde sempre morou. Além disso, necessitou a realização de estudos a respeito da história do distrito e seus colonizadores que aqui chegaram a mais de cem anos.
Antes de conquistar esse título, Elô, já havia sido eleita princesa nos concursos de Garota Sol a Sol e da Festa dos Estados, ambos no ano de 2005.
No mesmo ano da escolha da Rainha do Centenário, Eloísa também foi convidada para concorrer à soberana do Município, porém optou pelo primeiro, por representar o lugar que vive. Foram muitas horas dedicadas a estudar os acontecimentos relacionados à colonização alemã em Dona Otília.
A decisão de concorrer encontrou amplo respaldo do pai Telmo e da mãe Judite.

A rainha no monumento ao Centenário de Dona Otília
Com a coroa, algumas coisas mudaram na vida de Eloísa. Naturalmente as pessoas passaram a tratá-la como “uma personalidade”, de fato, afinal passou a representar toda a comunidade e por muitos anos, já que, segundo se comenta, outro título desses, somente no sesquicentenário da Vila.
Pessoalmente, para Eloísa, pouca coisa se alterou, mas reconhece que aprendeu muito mais sobre a comunidade, conhecendo pessoas que antes não tinha muito contato e que fazem parte da história do local.
Muitas coisas do passado, as quais não sabia, lhes foram narradas, por isso diz ter sido surpreendente as coisas que passou a conhecer. Inclusive descobriu parentes que sequer sabia sê-los.
Com relação à Dona Otília, hoje, Eloísa, reconhece a importância do companheirismo que lá existe.
Se pudesse realizar alguma coisa para a Vila, diz que a construção de um ginásio de esportes seria a primeira coisa, para oportunizar aos jovens um espaço legal para a pratica de esportes.
Pela importância do distrito para a economia do Município, Eloísa acha que os administradores deveriam dar mais atenção a ele. Além de um ginásio de esportes seria bom que se dispusesse um enfermeiro de forma permanente no posto de saúde local.
Em uma das suas viagens preferida, em Gramado.
No dia-a-dia, Eloísa, além de ajudar na loja, dedica-se aos estudos do curso de Engenharia Civil, pratica vôlei e, claro, vai aos bailes. Diz adorar os tradicionais da Dona Otília, em dois ambientes.
Sobre o curso de engenharia, diz que, em princípio, ficou em dúvida entre engenharia florestal e civil, mas optou pelo último e não se arrepende, pois está adorando os estudos, os quais iniciou neste semestre.
Hoje, ainda não sabe em qual área vai atuar, mas, provavelmente em projeções de obras residenciais e comerciais.

Como princesa da Festa dos Estados, edição 2005.
Quando as virtudes, considera-se extrovertida, alegre e estudiosa. Revela que conquista amizades com facilidade e é bem comunicativa.
Quanto aos defeitos, confessa ser teimosa, mas isso não afeta seus relacionamento. “Pelo menos até hoje, não”, diz.
Dos gostos pessoais, em relação á musica é bem eclética, pois gosta de tudo, um pouco, desde as sertanejas (Victor e Léo, principalmente) até o pop rock, passando pelas bandinhas e música gaúcha, que diz gostar muito.
De livros, gosta mais de romances, mas não tem um autor em especial.
Para beber, cerveja, suco e refrigerante.
Lugares para viajar, a serra gaúcha e praias.
Das viagens que fez, a que mais gostou foi a de Gramado, onde tem belas paisagens e boa gastronomia.
Na Praia dos Ingleses, no verão de 2009.
Ao final da entrevista, Eloísa deu seus pontos de vistas com relação aos seguintes temas:
Cotas nas Universidades: “acredito que as pessoas deveriam entram (na universidade) pela sua capacidade e inteligência e não pela sua cor de pele e raça”;
Aborto: “sou contra, porque a pessoa tem tantas maneiras de se prevenir, então não deve tirar a vida de um ser indefeso”;
Homossexualismo: “não tenho preconceito contra homossexuais. Cada um faz a sua escolha. Se a pessoa escolhe isso, é vontade dela, os outros não tem nada a ver. Acho uma besteira esse tipo de discriminação”;
Emancipação de Dona Otília: “seria muito boa a emancipação e acredito que todos os moradores da Vila querer isso. Dona Otília tem um bom potencial para isso pena que até hoje não se concretizou (a emancipação)”.
Eis Eloísa, outra linda rainha em nosso blog!

Um comentário:

kelli_vogt disse...

PARABÉÉNS Eloísa!! Além de ser uma amiga maravilhosa, é uma pessoa incrível, com um caracter fantástico. Te admiro muito. Me orgulho de ti ;) beeijo da tua colega de facul e eterna amiga! Torço muito por ti.! Kelli Vogt